free website templates

CIRURGIA BARIÁTRICA, ACOMPANHAMENTO PSICOLÓGICO E NUTRICIONAL

PSICOLOGIA

PERGUNTAS FREQUENTES

Por que preciso de acompanhamento psicológico antes da cirurgia?


A cirurgia exige do paciente modificações alimentares, psicológicas, comportamentais e de estilo de vida tanto no momentos pré quanto pós cirúrgicos. Passar pelo psicólogo no pré operatório é tão importante quanto passar por outras especialidades, pois cada uma delas é parte imprescindível da avaliação e preparo global exigidos pelo tratamento.



Qual é o objetivo da avaliação psicológica?


O propósito principal da avaliação psicológica é identificar e tratar alterações psicológicas e ou aspectos emocionais que possam prejudicar o sucesso do tratamento, bem como ajudar o paciente a compreender a sua forma de se alimentar no presente e ao longo dos anos além da influência do seu estilo de vida sobre sua saúde.



Como funcionam as consultas?


Nas consultas, além das orientações e informações sobre a cirurgia bariátrica (técnica cirúrgica, riscos e complicações, benefícios esperados, mudanças provocadas, consequências físicas, emocionais e sociais); são trabalhadas com o paciente, formas mais saudáveis para lidar com a obesidade e também com as questões emocionais envolvidas no processo de mudanças de hábitos. Vale lembrar também que o laudo não se dá em apenas uma consulta. Não há um número pré-definido, isso dependerá da complexidade de cada caso.



Após a cirurgia, quais são as complicações psicológicas mais frequentes?


Nos primeiros 15 dias a ansiedade é pertinente, dado ao fato de que o emagrecimento almejado ainda não ocorreu, ocorre a privação alimentar principalmente de açúcares que têm papel fisiológico importante sobre o humor e há certa limitação física. Nos próximos 15 dias, permanece a privação da mastigação, que têm importante função na descarga da agressividade (morder, cravar os dentes é uma descarga motora importante para seres providos de dentes). Dependendo de cada um, pode haver comportamento explosivo e humor irritativo ou até mesmo certo isolamento social. Se o quadro persistir, há necessidade de tratamento.


NUTRIÇÃO

PERGUNTAS FREQUENTES

Como é o pré-operatório nutricional?


A partir de avaliações antropométricas, bioquímicas e dietéticas é possível identificar e tratar deficiências nutricionais, minimizar risco cirúrgico mediante redução de peso, planejar um programa alimentar de baixa caloria em pré-operatório visando reduzir a gordura hepática e abdominal, fazer um diagnóstico nutricional emitindo assim um parecer nutricional.


Indivíduos que apresentam obesidade, na maioria dos casos apresentam um acúmulo de gordura visceral (presente nos órgãos abdominais, principalmente no fígado).


Esta condição também tem relação com a genética do paciente e é mais prevalente no sexo masculino, porém ocorre também em diversas pacientes do sexo feminino, em especial no caso da obesidade do tipo maçã, em que a distribuição da gordura do organismo é centralizada na região do abdômen.


Cuidados de nutrição ideais envolvem um cronograma contínuo desde o pré-operatório até o período pós-operatório. A maior ênfase na preparação pré-operatória de cirurgia metabólica é otimizar o estado de saúde reduzindo assim risco de infecção, complicações e tempo de internação.



Como é o planejamento alimentar após a cirurgia?


O Guia Alimentar utilizado em pacientes bariátricos é justamente a pirâmide bariátrica, proposta por Violet Moizé em 2013, que determina o uso de suplementos alimentares, ingestão de água e chás claros e atividade física como base de comportamento.


Prioriza as proteínas tanto ricas em ferro como ricas em cálcio, como primeiro alimento a ser ingerido, seguido de vitaminas e minerais advindos de frutas e vegetais.


Em consumo moderado o uso de carboidratos, preferencialmente os integrais e o que deve ser evitado ao máximo são bebidas alcoólicas, gaseificadas, doces e gorduras em geral.

AGENDE SUA CONSULTA

CONECTE-SE