Como crianças “problemáticas” viram adultos de sucesso?

Crianças problemáticas podem causar muita dor de cabeça nos pais e em outras pessoas ao redor.

No entanto, muitos estudos afirmam que a teimosia pode levar esses jovens a alcançarem o sucesso na vida adulta.

Tudo isso também depende da forma com que os pais podem incentivar seus filhos a usar essas características para ter uma vida mais produtiva.

Os comportamentos vistos como problemáticos devem ser revertidos para traços bem-sucedidos.

_____

A revista Inc. separou três tipos de comportamento infantis que podem levar essas crianças à uma vida adulta de sucesso.

Confira:

1. Discussão

Muitas crianças parecem querer brigar com os seus pais a todo o momento.

Coisas básicas como comer toda a comida que está no prato ou sair com os amigos tornam-se motivos para longas discussões.

Uma pesquisa da Universidade de Virgínia mostra que os jovens que discordam de seus pais e discutem sobre isso estão mais preparados para divergências de opinião fora desse ambiente.

O estudo pediu a 150 crianças de 13 anos que descrevessem uma grande briga que tiveram em casa, com seus pais.

Dois anos depois, compararam suas maneiras de discutir com a forma que reagiam quando pressionados por jovens da mesma faixa etária.

Aqueles que aprenderam que a discordância é aceitável se a calma for mantida se saem melhor em situações de pressão.

Crianças acostumadas a discutir aprendem a mostrar mais confiança na hora de estabelecer limites.

Aquelas que evitam entrar em discussões são mais prováveis de desistir quando expostas a um desafio.

2. Conversas

Crianças adoram perguntar sobre tudo e, apesar disso ser um tanto cansativo, é uma característica muito importante para o seu desenvolvimento.

Um estudo realizado pela Universidade de Miami afirma que crianças em idade pré-escolar se saem melhor no jardim de infância quando são mais falantes.

Até mesmo aqueles pequenos que falam tanto, a ponto de distrair o resto da sala de aula, estão mais envolvidos com o aprendizado.

Acredita-se que, nesse processo de conversa, essas crianças estão desenvolvendo habilidades de comunicação e aprendendo a conseguir respostas para suas dúvidas.

Na vida adulta, um empreendedor deve saber resolver os seus problemas e estabelecer uma boa comunicação com seus funcionários, por exemplo.

3. Desobediência

Regras foram feitas para serem quebradas.

Esse é o ditado que reina na vida das crianças problemáticas.

Esse tipo de comportamento gera muitas confusões na infância, mas também pode ajudar na vida adulta.

De acordo com o estudo Developmental Psychology, a maioria das crianças desobedientes tem um salário maior.

Os pesquisadores analisaram cerca de 700 crianças quando elas tinham apenas 12 anos e voltaram a encontrá-las 40 anos depois.

Apesar de descobrirem que os jovens que desafiavam autoridades tendem a ser mais bem-sucedidos, esses pesquisadores não sabem apontar o motivo para esse resultado.

Os realizadores do estudo têm a teoria de que essas crianças são mais competitivas e assertivas.

Assim, quando adultas, elas se tornam melhores negociadoras de salários e pedem mais aumento.

 


Gostou deste artigo?

+ Leia mais: Somos mesmo influenciados por nossas amizades?

+ Leia mais: Até que ponto os pais influenciam os filhos?

+ Curta nossa página no Facebook